Um gigantesco reservatório de água doce foi descoberto sob o Oceano Atlântico por cientistas da Universidade de Columbia na costa nordeste dos Estados Unidos.

                        
Estudo revela grande reserva de água doce


Segundo o estudo, publicado na revista Scientific Reports, a grande reserva de água doce está desde a costa de Massachusetts até New Jersey e se estende mais ou menos continuamente por cerca de 350Km da costa.


                                   
Estudo revela grande reserva de água doce
Se fosse na superfície, os pesquisadores dizem que criaria um lago cobrindo cerca de 15.000 milhas quadradas.



“Nossos dados sugerem que um sistema de aquífero submarino contínuo se estende por pelo menos 350 km da costa atlântica dos EUA e contém cerca de 2.800 km3 de águas subterrâneas de baixa salinidade”.


Segundo informações do blog State of the Planet, do Earth Institute da Universidade de Columbia, o reservatório está preso em sedimentos porosos e “parece ser a maior formação desse tipo já encontrada no mundo.


“Sabíamos que havia água fresca no local em lugares isolados, mas não sabíamos a extensão ou a geometria”, declarou a geóloga marinha Chloe Gustafson, principal autora do estudo.


geóloga marinha Chloe Gustafson

Segundo ela,“isso pode se tornar um recurso importante em outras partes do mundo”.


Em 2015, cientistas, entre eles Kerry Key, geofísico e co-autor do estudo, passaram 10 dias no navio Marcus G. Langseth analisando o litoral do sul de Nova Jersey e a ilha de Martha's Vineyard, em Massachusetts. 


                                      
Estudo revela grande reserva de água doce


Os pesquisadores usaram medições inovadoras de ondas eletromagnéticas para mapear a água.


Receptores foram lançados no fundo do mar para medir os campos eletromagnéticos abaixo, e o grau em que os ventos solares, raios e outras interrupções naturais ressoavam através deles.


                       
Estudo revela grande reserva de água doce


A equipe também rebocou um aparelho atrás do navio que emitia pulsos eletromagnéticos artificiais e registrava as reações do fundo do mar.


Os pesquisadores dizem que a água salgada é melhor condutora de ondas eletromagnéticas do que a água doce, então a água doce se destacou como uma faixa de baixa condutância.


                        
Estudo revela grande reserva de água doce


Os primeiros sinais de água doce apareceram na década de 1970. 


De acordo com o site Science Alert, empresas petrolíferas que exploravam o local descobriram ocasionalmente água doce quando faziam perfurações, mas, não se sabia se eram apenas pontos isolados ou uma reserva maior.


De acordo com a pesquisa, os depósitos não estão espalhados. Eles são mais ou menos contínuos, e se estendem da costa até 350 km mar adentro. 


Em relação à profundidade, estão entre 180  e 360 metros abaixo do fundo do oceano. Os cientistas afirmam que os sedimentos de água doce podem abranger, além de Nova Jersey e grande parte de Massachusetts, as costas de Rhode Island, Connecticut e Nova York.


                                
Estudo revela grande reserva de água doce


O blog State of the Planet explica que os pesquisadores acreditam que a água se acumulou sob o fundo do oceano Atlântico Norte de duas maneiras diferentes:


- A primeira refere-se ao degelo. De 15.000 a 20.000 anos atrás, no fim da chamada Era do Gelo, grande parte da água do mundo estava “trancada em gelo”. Com o derretimento, a água fresca ficou presa em sedimentos rochosos. A isto os cientistas chamam de água fóssil. 


- A segunda maneira indica que o reservatório é alimentado pela chuva e corpos de água que se infiltram nos sedimentos terrestres.


Essa água pode ser consumida?


                      
Estudo revela grande reserva de água doce


A água doce terrestre geralmente tem menos de uma parte por mil de sal. 


A água do aquífero descoberto tem esse valor perto da costa. Mas, em suas bordas externas, é mais salgada. Chega a 15 partes por mil. 


Mesmo assim, é menos salgada que a água do mar típica que tem 35 partes por mil de sal.


A água das partes mais distantes precisaria ser, portanto, dessalinizada para ser consumida. 


Em um comunicado, o geofísico Kerry Key disse que o custo seria muito menor do que o processamento da água do mar. 


Ele sugere que reservas como essa poderiam ser encontradas em outros lugares dos oceanos. O grupo espera ampliar as pesquisas.


“Provavelmente não precisamos fazer isso nesta região. Mas se pudermos mostrar que existem grandes aquíferos em outras partes, isso pode representar um recurso adicional em lugares como o sul da Califórnia, Austrália, Oriente Médio”, afirmou.


No Brasil, há dois grandes e importantes aquíferos:


                               
Estudo revela grande reserva de água doce


Alter do Chão, Amazônia, Brasil – ocupa uma área de 437.000 km2, nos estados do Pará, Amapá e Amazonas, com um volume de 86.400 km3 é considerado o maior do mundo em volume de água;


                                   
Estudo revela grande reserva de água doce


Estudos vêm sendo realizados, pelas universidades da região norte, no sentido de utilização da capacidade desse aquífero para a produção de alimentos por irrigação, garantindo uma ampliação dos tipos de cultivos da região amazônica.

                                  

Guarani, Região Sul, Brasil – possui uma área total de 1.200.000 km2 abrangendo áreas da Argentina, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai sendo 840.000 km2, ou 2/3 de sua área, situada entre os estados de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. Possui uma capacidade volumétrica de 45.000 km3;


                                    
Estudo revela grande reserva de água doce


O segundo maior aquífero do mundo, o Guarani, teve sua exploração iniciada em Ribeirão Preto como os primeiros poços perfurados em 1920, no Mosteiro de São Bento, e 1927, na Companhia de Cerveja Antarctica Niger S muitas décadas antes do anúncio de sua descoberta, no ano de 1996. 


Atualmente, ele tem sido utilizado para abastecer: 65% das cidades do estado de São Paulo (sendo a cidade de Ribeirão Preto totalmente abastecida por ele);o Estado do Mato Grosso do Sul, com 8 super poços na região do triângulo mineiro (nas cidades de Cachoeira Dourada, Uberaba, Conceição das Alagoas e Frutal) com 15 poços tubulares profundos. 


                                  
No Brasil, há dois grandes e importantes aquíferos


Nesse sentido, a exploração das águas do aquífero se intensifica progressivamente com o crescimento das cidades,a escassez de água, as mudanças climáticas com diminuição dos índices pluviométricos e as aberturas de poços sem estudo prévio do impacto no volume do reservatório e na reposição da água.


Marcus G. Langseth. Pesquisa de setembro de 2015 em New Jersey e Martha’s Vineyard. 


Este foi o primeiro estudo piloto de dados de imagens profundas do CSEM para mapear águas subterrâneas no mar.


Você também pode gostar de:

 

‘Trem dos Vales’ - Um dos passeios mais atraentes do mundo fica no RS


‘Trem dos Vales’ - Um dos passeios mais atraentes do mundo fica no RS

A Ilha de Superagui - Um paraíso preservado


A Ilha de Superagui - Um paraíso preservada




O mar de Aral virou deserto. Os moradores do Sul esperam que ele volte


O mar de Aral virou deserto. Os moradores do Sul esperam que ele volte


Matinhos a "Namoradinha do Paraná" é linda por natureza!


Matinhos a "Namoradinha do Paraná" é linda por natureza!


             
Arroio Grande - Terra de Mauá


Arroio Grande - Terra de Mauá



Ilha das Cobras, um paraíso pouco conhecido pelos paranaenses


Ilha das Cobras, um paraíso pouco conhecido pelos paranaenses


Ilha do Mel, O Paraíso do Litoral do Paraná


Ilha do Mel, O Paraíso do Litoral do Paraná


Ponto de mergulho no Paraná - Ilhas dos Currais e seus encantos naturais


Ponto de mergulho no Paraná - Ilhas dos Currais e seus encantos naturais




Animais


Curiosidades sobre o Boto-cor-de-rosa

*Curiosidades sobre o Boto-cor-de-rosa



*Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha


*Mistério do peixe de cabeça transparente é desvendado por pesquisadores


*Fotógrafo descreve encontro "perigoso" com foca-leopardo na Antártica


*Pinguim-rei ultra-raro amarelo surpreende fotógrafo: Como "ganhar na loteria da natureza"


*Caravelas-portuguesas - Estas lindas criaturas translúcidas podem matar


*A Bioinvasão e a extinção das espécies


*Plânctons bioluminescentes são recorrentes nas praias da Ilha do Mel


*O Guará - A ave símbolo de Guaratuba


*Wisdom, a albatroz de quase 70 anos, retorna ao Atol mais uma vez para procriar



Curiosidades:

Pescador encontra “vômito” de baleia avaliado em mais de R$ 7,4 milhões


Poluição causa fenômeno ‘tapete verde’ que cobre rio em Santa Catarina


Produção de mel azul intriga apicultores do Rio Grande do Sul


Um rio de águas ferventes no centro da Amazônia peruana


Mergulho no Lago das Águas-vivas - Qual é o real perigo?


Serpente marinha venenosa é resgatada com cesta de supermercado


Em decisão inédita, dois cães conquistam o direito de acionar seus ex-tutores na justiça


Estudo revela que bebês morcegos balbuciam como bebês humanos