Brasil supera marca de exportação e deve ter nova safra recorde

> Publicado 22 junho - Leitura Read

Apesar do atraso da colheita e do baixo volume exportado nos primeiros meses do ano, o país já superou seu recorde, exportando 48 milhões de toneladas de janeiro a maio.


Brasil supera marca de exportação e deve ter nova safra recorde

Com a consolidação da safra recorde durante a temporada 2020/2021, de 137 milhões de toneladas, as exportações brasileiras também devem alcançar patamares recordes durante este ciclo. 

 

Segundo relatório do Rabobank, apesar do atraso da colheita e do baixo volume exportado nos primeiros meses do ano, o Brasil já superou seu recorde, exportando 48 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2021, 2 milhões acima do mesmo período do ano passado.


As exportações brasileiras de soja devem atingir 86 milhões de toneladas em 2021, um aumento de 5% se comparadas à safra passada.


Enquanto é esperado um aumento das exportações brasileiras de soja, o esmagamento deve permanecer em patamares similares aos observados durante 2019/2020. 

 

A redução da mistura obrigatória de biodiesel ao diesel em 2021 diminuiu a demanda por óleo de soja no mercado doméstico. O Rabobank estima um esmagamento de soja similar a 2019/20, com 46,5 milhões de toneladas.


A safra recorde e uma estabilidade do esmagamento devem levar o Brasil a recompor parte de seus estoques. A estimativa é de que os estoques finais alcancem 4,5 milhões de toneladas ao final de dezembro de 2021.


Nos EUA, o avanço do plantio durante as últimas semanas sugere produção em 2021 de 120 milhões de toneladas, 7% superior ao observado no ciclo anterior. Assim como já vem acontecendo, o clima durante o desenvolvimento da soja norte-americana deve trazer forte volatilidade às cotações da Bolsa de Chicago (CBOT).


Mesmo com uma recuperação da safra nos EUA, os estoques americanos de soja devem permanecer abaixo de 4 milhões de toneladas. Na safra 2019/20, os estoques da safra americana foram de 3,3 milhões de toneladas.


Para a campanha 2020/21, os preços e margens de soja devem levar o Brasil a um aumento da área plantada. Os elevados preços que vem sustentando uma margem atrativa, indicam um aumento da área de soja para a temporada 2021/22.


O Rabobank projeta uma produção total de 142 milhões de toneladas para a próxima campanha.


Como pontos de atenção, o banco ressalta que, impulsionadas pela alta dos preços, as margens operacionais de soja em Mato Grosso na safra 2021/22 estão em 65%, bem acima da média das últimas 5 safras.  Além disso, os estoques globais devem aumentar 4,6 milhões de toneladas em 2021/22 em relação a 2020/2021.

 

Fonte: Canal Rural 


Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias