Porto de Hamburgo recebe o primeiro navio de contêineres convertido a gás

> Publicado 23 junho - Leitura Read

“Frete para um futuro mais limpo!” passou a estampar seu quebra-mar no castelo de proa.

                                 
Porto de Hamburgo recebe o primeiro navio de contêineres do mundo convertido a gás

O “Brussels Express”, é o primeiro grande navio de contêineres do mundo a ser convertido para propulsão a gás e navegou pela primeira vez em seu porto de origem, na cidade de Hamburgo, na Alemanha.

 

Em setembro de 2020, quando ainda era chamado de “Sajir”, o navio foi para o estaleiro Huarun Dadong, em Xangai. 


Lá, foram realizados todos os preparativos para que um guindaste flutuante içasse o tanque de Gás Natural Liquefeito (GNL), de 1.300 toneladas, até o ventre do navio, bem como para a realização de outros trabalhos relacionados à conversão.


“O fato de um retrofit dessa escala nunca ter sido feito antes significava que enfrentávamos inúmeros desafios - do planejamento à implementação. 


Abrimos novos caminhos com a conversão e agora iremos testá-la com muita precisão em operação no mundo real ”, disse Richard von Berlepsch, Diretor Gerente de Gestão de Frota da Hapag-Lloyd. 


“GNL é atualmente o combustível mais promissor no caminho para emissões zero. 


O objetivo a médio prazo é ter operações de transporte neutras em CO2 usando gás natural sintético (SNG)”, explica o executivo.


Em uma homenagem ao Acordo Verde europeu, a Hapag-Lloyd rebatizou o navio de “Brussels Express”. 


Além disso, a frase “Frete para um futuro mais limpo!” passou a estampar o quebra-mar no castelo de proa.


O navio ainda não está operando exclusivamente com GNL, pois as obras de garantia final serão realizadas no final desta viagem de ida e volta. 


O primeiro bunkering completo de GNL ocorrerá em Cingapura na próxima viagem de ida. 


No futuro, o navio, que atualmente opera no serviço Far East 4, entre a Ásia e o Norte da Europa, fará bunker duas vezes por viagem de ida e volta: em Cingapura e em Rotterdam.


Com uma frota de 241 navios porta-contêineres modernos e uma capacidade total de transporte de 1,7 milhão de TEU, a Hapag-Lloyd é uma das principais empresas de transporte marítimo de linha do mundo e uma das operadoras líderes nos negócios Transatlântico, Oriente Médio, América Latina e Intra-América.


fonte: SEGS

foto: Marcela Matos

Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias