RJ será o 1º estado do Brasil com políticas públicas para os setores ligados ao mar

> Publicado 28 junho - Leitura Read

"A Economia do Mar é a alma do Rio de Janeiro”, afirmou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah.

                            
RJ será o 1º estado do Brasil com política pública para os setores ligados ao mar

O estado do Rio de Janeiro será o primeiro do Brasil com políticas públicas estratégicas para o fomento aos setores ligados ao mar. 


A afirmação foi feita pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah, que participa da segunda edição da Semana Polo do Mar Conecta, realizada pelo Sebrae Rio e o Sistema Fecomércio RJ, desta segunda-feira (28) até 02 de julho, sempre no período vespertino. 


Durante os cinco dias, os empresários participarão de palestras, talk shows e negociações virtuais. 


O objetivo é o desenvolvimento de eventos, ações, projetos e políticas públicas para o desenvolvimento da Economia do Mar.


Continua depois do anúncio

"A Economia do Mar é a alma do Rio de Janeiro”, afirmou o secretário.

 

"No estado do Rio de Janeiro, temos importantes polos como o Polo da Baía de Sepetiba, o Polo da Baía da Ilha Grande, o Polo do Porto do Açu, o Polo do Mar de Niterói, além do Cluster Tecnológico Naval do Rio de Janeiro. 


São encadeamentos produtivos com grandes concentrações de empresas capazes de trazer desenvolvimento econômico para o estado", explica.


De acordo com Farah, o foco será o adensamento das cadeias produtivas locais, utilizando o poder de compras público e privado como política pública de fomento aos polos marítimos do estado, com o objetivo de desenvolver, de forma competitiva, fornecedores locais de micro, pequeno e médio porte, criando emprego e renda no estado.


Durante o encontro, foram debatidas ainda parcerias estratégicas para incentivar o empreendedorismo no Rio de Janeiro, estimular cadeias produtivas locais, fortalecer as empresas fluminenses e aquecer a economia dos municípios.


"A missão que nos foi dada pelo governador Cláudio Castro foi a de fazer a economia do Rio de Janeiro dar certo de Norte a Sul do estado, partindo da premissa que Estado forte é aquele que conta com municípios fortes, e tratando os pequenos e médios negócios com a mesma importância que os grandes negócios", reforçou o secretário.


"Esse alinhamento entre o Estado, a Fecomercio, o Senac e o Sebrae é uma oportunidade histórica para as pequenas e médias empresas fluminenses", afirmou o diretor de Desenvolvimento do Sebrae Rio, Sergio Malta.


As inscrições para participar da segunda edição da Semana Polo do Mar Conecta podem ser feitas neste link:

(https://conteudos.rj.sebrae.com.br/semanapolodomarconecta).

Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias