VLI assume operações do Terminal Integrador de Porto Franco no Maranhão

> Publicado 23 junho - Leitura Read

O acordo prevê a administração do ativo pela VLI nos próximos 15 anos.
VLI assume operações do Terminal Integrador de Porto Franco no Maranhão

A VLI assina contrato de concessão com a Valec e assume as operações do Terminal Integrador de Porto Franco, no Maranhão pelos próximos 15 anos, com possibilidade de renovação por mais cinco.

 

A empresa vai investir, entre obrigações contratuais, adequação e capacitação do terminal, mais de R$20 milhões durante o período. 


As obras no terminal terão início a partir do próximo mês e a previsão é de que as operações comecem no primeiro semestre de 2022. 


As obras para ativação do complexo devem gerar mais de 100 empregos no estado.


O ativo conta com estruturas de armazenagem e transbordo de grãos e a previsão é de elevar a movimentação de cargas na região, que a empresa já recebe de outros terminais, em mais de 30%.


Para integrar os modais, conectando a malha ferroviária aos principais portos do Norte, a VLI implementou uma solução logística que já conta com os Terminais Integradores de Porto Nacional e Palmeirante, no Tocantins; além de escoamento via Terminal Portuário de São Luís, no Maranhão. 


Por meio do modal ferroviário, cargas de milho, soja e farelo de soja saem do interior do país, passam pelos terminais de Porto Nacional e Palmeirante, e seguem até o Porto do Itaqui.


“Movimentamos, no ano passado, quase oito milhões de toneladas de grãos (milho, soja e farelo) com destino ao Porto do Itaqui.

 

Entendemos como essencial o fomento à nova fronteira agrícola do país e nosso sistema torna-se cada vez mais robusto para atender o mercado”, afirmou o diretor de Portos e Terminais da VLI, Alessandro Gama, sobre o escoamento pelo Arco Norte.


fonte: Money Times

Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias