Video: Tubarão intriga ao nascer em aquário só de fêmeas na Itália

> Publicado 20 agosto - Leitura Read

O possível caso raro de reprodução assexuada chamou atenção dos biólogos

Tubarão intriga ao nascer em aquário só de fêmeas na Itália



O Aquário de Cala Gonone, na Itália, anunciou nesta semana o nascimento de um filhote de tubarão fêmea. Embora a informação pareça comum, a maneira pela qual o animal veio ao mundo intriga os biólogos, já que ela foi concebida de maneira assexual, em um tanque com apenas tubarões fêmeas. 


Continua depois do anúncio


Segundo os diretores do aquário, a mãe da filhote é uma das fêmeas da espécie cação-liso que estão há 10 anos no tanque sem contato algum com tubarões machos. Portanto, é impossível que tenha havido a fecundação de um óvulo seu a partir de um espermatozoide, o que indica que ela mesma teria se fecundado em um processo chamado partenogênese.


Os especialistas dizem que o caso da filhote nascida nesta semana pode ser explicado pela fertilização de uma célula-ovo imatura, a qual teria se comportado de maneira semelhante a um espermatozoide.


Bebê tubarão é clone da mãe?

Continua depois do anúncio


Considerando que nesse processo o feto recebe apenas material genético da mãe, ele se forma essencialmente como um clone de sua genitora. O que poderia explicar a ocorrência de partenogênese no aquário italiano seria a fertilização de uma célula-ovo imatura, que se comportou quase como um espermatozoide. 


No entanto, a equipe do Aquário Cala Gonone ainda aguarda o resultado de análises de DNA para ter certeza se o nascimento da “baby shark” batizada de Ispera foi realmente ocasionado por partenogênese. 


Continua depois do anúncio


A partenogênese, como é chamado o fenômeno, costuma ocorrer em algumas espécies de répteis, pássaros e peixes, porém é extremamente rara em tubarões. 




Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias