Dique seco do Estaleiro Rio Grande reabre após cinco anos de inatividade

> Publicado 28 agosto - Leitura Read

O retorno das atividades no local possui um significado extremamente importante para as operações navais e portuárias da região.

                               
Dique seco do Estaleiro Rio Grande reabre após cinco anos de inatividade


 

O dique seco do Estaleiro Rio Grande (ERG) recebeu, na manhã deste sábado, o navio Siem Helix I, o primeiro após cinco anos de inatividade do local. 


A embarcação permanecerá docada no espaço por aproximadamente 45 dias, período em que passará por uma manutenção, gerando 500 postos de empregos de forma temporária.


Continua depois do anúncio


O retorno das atividades no local possui um significado extremamente importante para as operações navais e portuárias da região, uma vez que novos contratos podem ser firmados pela Engevix, empresa administradora do ERG. 


O Siem Helix atua na estimulação de poços de petróleo e atua na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro.

                           
Dique seco do Estaleiro Rio Grande reabre após cinco anos de inatividade


A embarcação possui 158 metros de comprimento e 36 metros de largura. O reparo será realizado em uma parceria entre a Engevix e a empresa DockBrasil, especializada na recuperação de navios desse porte. 


O superintendente dos portos do Rio Grande do Sul, Fernando Estima, classificou esse momento como extremamente importante para a região.


“A reabertura do dique seco do Estaleiro Rio Grande neste sábado é resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo grupo de empresas, liderado pela Engevix, juntamente com o Porto, para buscar novas atividades para essa área considerada extremamente nobre”, afirmou Estima.


Fonte: Portos RS


Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias