Empresa avalia circulação de ônibus 100% elétrico no Paraná

> Publicado 25 agosto - Leitura Read

Com capacidade para 44 passageiros sentados, o modelo rodoviário elétrico fará o trecho entre Curitiba e Ponta Grossa.

                                
Empresa avalia circulação de ônibus 100% elétrico no Paraná

 

A Embarca vai testar a circulação de ônibus rodoviário intermunicipal 100% elétrico no Paraná, em parceria inédita com as empresas BYD, Marcopolo e Expresso Princesa dos Campos. Será a primeira plataforma a adotar o sistema no Brasil.


Curitiba, a capital do Paraná, é escolhida para a circulação dos testes que terão duração de 90 dias.


Continua depois do anúncio


O CEO da Expresso Princesa dos Campos, Gilson Barreto, reforça que como a cidade de Curitiba é reconhecida pelos projetos na área de mobilidade urbana, essa iniciativa será um novo marco para a região. 

                                
Empresa avalia circulação de ônibus 100% elétrico no Paraná

“Os primeiros testes do ônibus elétrico têm o objetivo de avaliar a viabilidade de um novo processo no transporte rodoviário”, ressalta.


Os ônibus já são um agente benéfico ao meio ambiente, em média 27 automóveis de circulação, com os ônibus elétricos representam mais um grande aliado para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa.


Atualmente, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de países da América Latina com mais ônibus elétricos, segundo o monitor E-bus Radar, elaborado pelo Labmob e da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 


Continua depois do anúncio


A tendência é que o número de ônibus elétricos cresça ainda mais até 2030, aponta o relatório da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica.


Para o CEO da Arca Mobility as a Service, Felipe Gulin, esse é um momento muito especial sendo a primeira iniciativa no transporte rodoviário intermunicipal em prol da mobilidade urbana e da sustentabilidade. 


“Com o projeto desenvolvido para a Embarca, plataforma tecnológica da Arca Mobility as a Service, seremos a primeira plataforma tecnológica a operar ônibus elétrico no País. 


O nosso compromisso é desenvolver soluções, pensando sempre no futuro das gerações, sendo assim, buscamos trazer opções cada vez mais sustentáveis, que atendam às necessidades de demanda dos clientes, promovendo experiências digitais únicas”, comenta o executivo.


Continua depois do anúncio


Esse é o primeiro veículo desta categoria no Brasil destinado às operações de fretamento de curtas e médias distâncias. 


De acordo com Marcello Schneider, diretor da divisão de ônibus BYD Brasil, trata-se de um projeto inovador no País. 


“Estamos muito honrados em liderar essa ação com importantes players do mercado, temos certeza que essa parceria marcará um processo disruptivo para o setor de transporte rodoviário", comenta o executivo.


Já para Alexandre Cervelin,  gestor de negócios da Marcopolo, a iniciativa está alinhada com a estratégia da empresa em promover ações que ajudem no futuro da mobilidade e da sustentabilidade.  


Segundo o executivo, a empresa está passando por um processo de transformação e, alinhada aos seus valores, está voltada para o desenvolvimento de soluções para o futuro da mobilidade porque acredita que há um ambiente propício no mercado brasileiro para o desenvolvimento do transporte sustentável.


Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias