Porto de Trapani, na Sicília, recebe 257 migrantes de navio humanitário

> Publicado 07 agosto - Leitura Read

O Sea Watch foi um dos navios que no domingo recolheram migrantes que se encontravam num barco de madeira sobrelotado.

                        
Porto de Trapani, na Sicília, recebe 257 migrantes de navio humanitário

Porto de Trapani, na Sicília, recebe navio humanitário da ONG alemã "Sea-Watch" com 257 migrantes; o governo italiano autorizou o desembarque. 


“Temos um porto seguro. O ‘Sea-Watch 3’ está a dirigir-se para Trapani, Sicília, [porto] atribuído pelas autoridades italianas. 


Depois de enfrentar uma noite difícil a bordo, os nossos 257 resgatados estão muito aliviados e incrivelmente felizes por poderem desembarcar em breve em terra segura”, anunciou a ONG alemã através das redes sociais e citada pelas agências internacionais.


Ainda aguardam uma decisão, outros 550 migrantes, igualmente resgatados no Mediterrâneo e que permanecem há cinco dias a bordo de um navio da ONG francesa SOS Méditerranée.


O Governo italiano apelou à União Europeia para a ativação de um mecanismo que permita dar um porto seguro a estas mais de 800 pessoas resgatadas.


Roma solicitou ainda o relançamento do princípio de solidariedade entre os Estados membros para uma redistribuição obrigatória dos migrantes resgatados no mar.


Desde o início deste ano, segundo dados recolhidos até segunda-feira passada, chegaram a Itália um total de 29.461 migrantes, um número que representa um aumento significativo em relação ao ano de 2020 (14.406 migrantes) e ao ano de 2019(3.920).

 

Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias