SC lança edital de manutenção da Ponte Hercílio Luz

> Publicado 23 agosto - Leitura Read

Contrato prevê manutenção da estrutura por três anos e investimento de cerca de R$ 5 milhões.

Infraestrutura de SC vai lançar edital de manutenção da Ponte Hercílio Luz – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/ND
Infraestrutura de SC vai lançar edital de manutenção da Ponte Hercílio Luz – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/ND

A Secretaria de Estado da Infraestrutura de Santa Catarina lançou edital para contratação de uma empresa que será responsável pela manutenção da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis.


O edital foi divulgado no DOE (Diário Oficial do Estado) desta segunda-feira (23).


O principal cartão-postal da Capital catarinense completou 95 anos no dia 13 de maio e foi reaberto ao público no dia 30 de dezembro de 2019, após 28 anos fechado.


Continua depois do anúncio


Por ser um patrimônio histórico do Estado, a Ponte necessita de manutenção diferenciada e constante. Segundo a Infraestrutura, a empresa ganhadora do certame ficará responsável pela conservação da estrutura por três anos.


Entre os serviços previstos no edital, estão:


  • vistorias diárias,
  • vigilância patrimonial noturna,
  • pintura periódica,
  • troca de parafusos e placas,
  • reparos em geral,
  • manutenção da iluminação funcional,
  • inspeções diárias, semestrais e anuais.


A estimativa de investimento é de cerca de R$ 5 milhões.


Ponte Hercílio Luz em manutenção - foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom
Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Patrimônio histórico, artístico e arquitetônico de Florianópolis


A construção do primeiro elo entre a Ilha de Santa Catarina e o Continente foi um marco histórico para os catarinenses e para os brasileiros. A obra, que durou quatro anos, contou com material importado dos Estados Unidos e tecnologia de ponta. Ficou conhecida como a maior ponte pênsil com sistemas de barras de olhal no mundo.


Continua depois do anúncio


Fatores como o salitre (produto da ação corrosiva do mar), aumento da capacidade para além do planejado na inauguração e falta de manutenção culminaram na primeira interdição, em 1982 (houve reabertura parcial em 1988 e total em 1990), e na segunda, em 1992 (que durou até a reabertura em 2019).


Para que fosse devolvida à comunidade, a Hercilio Luz passou pela maior e mais complexa obra de recuperação da história de Santa Catarina. Na semana de sua reabertura, a Velha Senhora serviu de palco cultural e recebeu mais de 1 milhão de pessoas.


Com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade
Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias