Desaparecido é resgatado após 5 dias no Pico Paraná

> Publicado 13 setembro - Leitura Read

Maicon William não regressou ao local de seu acampamento depois que decidiu ir sozinho até o cume da montanha.

                               
Desaparecido é resgatado após 5 dias no Pico Paraná


 

Após 5 dias de buscas, Maicon William Batista, de 28 anos, que havia desaparecido no Pico Paraná no dia 6 de setembro, foi resgatado pela equipe do GOST – Grupo de Operações de Socorro Tático, do Corpo de Bombeiros do Estado Paraná e voluntários.


Junto com duas amigas, ele realizou uma caminhada até o Morro do Getúlio, localizado há cerca de duas horas de caminhada desde o início da trilha que leva ao Pico Paraná, que é a montanha mais alta do Sul do Brasil com 1877 metros de altitude localizada na Serra do Mar paranaense. 


No Morro do Getúlio, Maicon decidiu ir sozinho até o cume da montanha, que fica há cerca de 4 horas de caminhada dali, porém não regressou ao local de seu acampamento.


Diante da falta de notícias, as pessoas que acompanhavam Maicon, acionaram o Corpo de Bombeiros no dia 7 e a partir daí começaram as buscas pelo rapaz, que desapareceu usando bermuda, tênis e sem ter barraca ou qualquer estrutura para pernoite.


Durante as buscas, o GOST descobriu a assinatura de Maicon no cume. O mesmo foi reconhecido por um montanhista às 19 horas do dia de seu desaparecimento no acampamento 2 do Pico Paraná, chamando atenção por estar sozinho e de bermuda. 


Diante destas evidências, o grupamento de bombeiros e voluntários investiram seus esforços em vasculhar locais distantes da trilha e do cume e encontraram a vítima no quinto dia de busca no médio curso do rio Cacatu, um vale extremamente acidentado que começa no colo que separa o Pico Paraná da segunda montanha mais alta do Estado, o Pico do Caratuva.


Maicon foi encontrado bastante debilitado, ele tinha um ferimento na cabeça e não se lembrava do que aconteceu. 


Ele foi alimentado e hidratado pelos resgatistas, que o conduziram até o Acampamento 2 do Pico Paraná, onde ele foi removido de helicóptero e conduzido até o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, onde se recupera.


Fonte: Alta Montanha


Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias