Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

> Publicado 28 setembro - Leitura Read

Além de impressionantes imagens sobre o fundo do mar, neste ano a premiação também refletiu sobre a poluição dos mares.

                        
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha


 

Neste ano, a categoria "Conservação" do Prêmio de Fotografia destacou imagens que retratam o dano causado pelo lixo e o impacto dessa poluição na vida marinha.


As imagens de um cavalo-marinho preso a uma máscara e a de um peixe tentando comer com um filtro de cigarro foram destaques deste ano do Ocean Photography Awards, prêmio dedicado ao mar e à vida marinha.

                                 
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Um peixe-lagarto tenta comer um filtro de cigarro. Imagem foi laureada com menção honrosa na premiação. — Foto: Ocean Photography Awards | Steven Kovacs 


Ocean Photography Awards seleciona imagens sobre a vida marinha em 8 categorias: oceano, conservação, aventura, exploração, novo, escolha popular, portfólio coletivo e Fifty Fathoms Fifty. 


Além de impressionantes imagens sobre o fundo do mar, neste ano a premiação também refletiu sobre a poluição dos mares. 

                               
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha
*A foto tirada por Kerim Sabuncuoglu ficou com o 1° lugar na categoria 'Conservação'. Imagem retrata enguia enrolada em uma linha de pesca abandonada.


Segundo o autor, a enguia havia mordido o anzol de uma linha de pesca abandonada no mar, e enquanto tentava escapar acabou se enrolando ainda mais.


"Cada giro sufocava lentamente o pobre animal até que ele não conseguiu mais respirar. Esta fotografia mostra um grito silencioso", revela Sabuncuoglu.

Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha
*A gaivota e a linha de pesca fantasma. Fotografia venceu o 2° na categoria 'conservação' — Foto: Ocean Photography Awards | Galice Hoarau 


A imagem feita por Galice Hoarau no canal de Saltstraumen, na Noruega, que mostra uma gaivota morta presa a uma linha de pesca no fundo do mar, ficou com o segundo lugar na categoria 'Conservação'. 


Segundo Hoarau, Saltstraumen é um dos lugares com maior biodiversidade do mundo, contudo a pesca é permitida na região, o que impacta na vida marinha.


"Essas linhas são armadilhas mortais para a vida selvagem, especialmente aves marinhas", aponta Hoarau.

                                    
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Um molusco flutua sobre um pedaço de lixo. Imagem ganhou o 3° lugar na premiação sobre fotografia da vida marinha — Foto: Ocean Photography Awards | Steven Kovacs 



"Fiquei bastante surpreso ao ver essa fêmea em particular se arrastando enquanto segurava um pedaço de lixo", revela o autor da fotografia.


Segundo ele, a imagem foi feita nas Filipinas durante um mergulho noturno em águas profundas. 


A fotografia ganhou o 3° lugar na categoria 'Conservação'.

                              
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Um filhote de pinguim-imperador olha para o mar aberto — Foto: Ocean Photography Awards | Stefan Christmann 



Segundo o autor da imagem, Stefan Christmann, a cena retratada na fotografia não deveria ser comum porque os pinguins costumam passar da borda ao mar em alturas mais baixas. 


Nesse caso, contudo, uma mudança climática induz ao rompimento precoce do gelo. 


"Esta imagem simboliza o futuro incerto que esses pássaros magníficos estão enfrentando", afirma Christmann. 


Categoria: Oceano

Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Tartaruga verde cercada por peixes vidro no recife de Ningaloo, na Austrália. Fotografia ganhou 1° lugar na premiação Ocean Photography Awards — Foto: Ocean Photography Awards | Aimee Jan


 

Com a imagem de uma tartaruga verde cercada por peixes vidro, Aimee Jan ganhou o primeiro lugar na categoria 'Oceano'.


A fotografia retrata uma das quatro espécies de tartarugas encontradas no recife de Ningaloo, na Austrália.


"Estávamos fazendo um mergulho livre no fundo do recife quando um dos meus amigos do trabalho me chamou e disse que havia uma tartaruga sob uma saliência em um cardume de peixes de vidro, cerca de 10 metros abaixo", contou Aimee Jan ao site do prêmio.


"Quando mergulhei para olhar, os peixes separaram-se perfeitamente em volta da tartaruga e foi isso que eu vi. Eu disse à ela [tartaruga]: acho que acabei de tirar a melhor foto da minha vida", disse Jan.

                                
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Albatrozes mergulhando em busca de comida. Fotografia foi premiada com 2° no Ocean Photography Awards. — Foto: Ocean Photography Awards | Henley Spires 



Henley Spires, autor da imagem que levou o 2° lugar na categoria 'Oceano' retratou o mergulho violento de albatrozes em busca de comida.


Segundo o autor, as aves só aguentam o impacto com a água devido aos sacos de ar que possuem na cabeça e no peito.


"A agilidade dos pássaros se transfere do ar para o mar, nadando com uma incrível velocidade de reação", afirmou Spires.

                           
Prêmio de fotografia retrata o dano causado pelo lixo na vida marinha

*Um filhote de tartaruga-de-pente dá seu primeiro mergulho. Imagem foi premiada com 3° lugar no Ocean Photography Awards. — Foto: Ocean Photography Awards | Matty Smith 



Matty Smith conseguiu retratar o primeiro mergulho de um filhote de tartaruga-de-pente. 


Segundo Smith, o animal que media apenas 3,5 cm de comprimento havia saído de um ovo minutos antes juntamente com cerca de 100 outros filhotes.


"Eles rapidamente atravessaram a areia e entraram no oceano para se dispersar e evitar a predação de pássaros e peixes. 

 

Tive que trabalhar rápido para essa foto", disse Smith, que levou o prêmio de 3° lugar na categoria "Oceano".



Você também pode gostar de:

 

Curiosidades sobre o Boto-cor-de-rosa


Curiosidades sobre o Boto-cor-de-rosa



Mistério do peixe de cabeça transparente é desvendado por pesquisadores


Mistério do peixe de cabeça transparente é desvendado por pesquisadores



Fotógrafo descreve encontro "perigoso" com foca-leopardo na Antártica


Fotógrafo descreve encontro "perigoso" com foca-leopardo na Antártica



O Guará - A ave símbolo de Guaratuba

O Guará - A ave símbolo de Guaratuba




Pinguim-rei ultra-raro amarelo surpreende fotógrafo: Como "ganhar na loteria da natureza"


Pinguim-rei ultra-raro amarelo surpreende fotógrafo: Como "ganhar na loteria da natureza"



Caravelas-portuguesas - Estas lindas criaturas translúcidas podem matar


Caravelas-portuguesas - Estas lindas criaturas translúcidas podem matar



A Bioinvasão e a extinção das espécies


A Bioinvasão e a extinção das espécies



Plânctons bioluminescentes são recorrentes nas praias da Ilha do Mel


Plânctons bioluminescentes são recorrentes nas praias da Ilha do Mel



Wisdom, a albatroz de quase 70 anos, retorna ao Atol mais uma vez para procriar


Wisdom, a albatroz de quase 70 anos, retorna ao Atol mais uma vez para procriar


Lugares




Curiosidades:

Pescador encontra “vômito” de baleia avaliado em mais de R$ 7,4 milhões


Poluição causa fenômeno ‘tapete verde’ que cobre rio em Santa Catarina


Produção de mel azul intriga apicultores do Rio Grande do Sul


Um rio de águas ferventes no centro da Amazônia peruana


Mergulho no Lago das Águas-vivas - Qual é o real perigo?


Serpente marinha venenosa é resgatada com cesta de supermercado


Em decisão inédita, dois cães conquistam o direito de acionar seus ex-tutores na justiça


Estudo revela que bebês morcegos balbuciam como bebês humanos

Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias