SC define projeto arquitetônico para o Complexo Turístico da Serra do Rio do Rastro

> Publicado 01 novembro - Leitura Read

A expectativa é que a licitação seja publicada em edital no começo do ano de 2022.

                      
projeto arquitetônico para o Complexo Turístico da Serra do Rio do Rastro


O PMI do Complexo Turístico da Serra do Rio do Rastro, pela equipe de Comissão de Avaliação, definiu o projeto da obra para formalizar o edital de licitação, depois de receber duas propostas de construção, operação e manutenção de equipamentos turísticos nas áreas contíguas ao Mirante da Serra do Rio do Rastro.

 

O PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) foi realizado pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e SC Participações e Parcerias (SCPar).


A proposta da empresa Vallya irá embasar a licitação da construção que será viabilizada com recursos privados.


A proposta vencedora apresentou um estudo de arquitetura e engenharia, com um valor estimado em R$127 milhões. 


O projeto sugerido e selecionado pela Comissão de Avaliação do PMI, tem espaços para estruturas que serão construídas pela empresa vencedora da licitação. 


O desejo da Santur e da SCPar é de publicar o edital para a obra e gestão do equipamento nos primeiros meses de 2022.


"Vencemos mais uma etapa, com um esforço grande da Santur e da SCPar, para qualificar e impulsionar o turismo e proporcionar uma estrutura sem igual na Serra Catarinense. 


A região merece e precisa disso. Nosso governo também está investindo R$20 milhões na contenção das encostas em toda a Serra do Rio do Rastro e abriu a licitação para a nova iluminação. 


Assim, contemplamos todos os aspectos para consolidar e ampliar a atratividade desse roteiro turístico", disse o governador Carlos Moisés.


Dentro da estrutura proposta, estão: mirante, bondinho, circuito de mountain bike, ponte de vidro, lago cênico, pista de patinação interna, estação de ski, tirolesa, mirante panorâmico, quiosques, restaurantes, espaços para piquenique, SPA, heliponto e casas de campo.


"A Santur e seus técnicos trabalharam em parceria com a SCPar para encontrarmos a melhor estrutura também dentro dos critérios turísticos. 


Um projeto como esse vai revolucionar a Serra", destacou o presidente da Santur, Renê Meneses.


Estudo selecionado passou por análises criteriosas


As duas propostas finalistas passaram pela análise da Comissão de Avaliação e precisaram contemplar a construção de mirantes e estrutura de apoio ao visitante, como lojas, estacionamentos e restaurantes. 


Ainda dentro do projeto, apresentaram estudos de viabilidade técnica, operacional, econômica, financeira, ambiental e aspectos jurídicos para a estruturação do projeto de concessão do novo complexo turístico.


As propostas finalistas para a análise foram conhecidas no dia 11 de outubro, quando o prazo de envio das propostas foi encerrado. Além da vencedora, a proposta da empresa Volare também foi analisada pela Comissão.


"O avanço desse projeto significa a celeridade e a eficiência deste Governo, que fará entregas aos catarinenses. 


Em menos de 8 meses, lançamos o PMI, recebemos e selecionamos os estudos para realizar esse projeto que, há décadas, é aguardado pela região", pontuou o secretário Executivo de PPPs da SCPar, Ramiro Zinder.

 

Os próximos passos

Com o estudo definido para o projeto, o processo de licitação do Complexo Turístico da Serra do Rio do Rastro avançará para uma consulta pública, em dezembro, com a região da Serra Catarinense, para uma discussão dos impactos e benefícios da obra. 


Em seguida, uma audiência pública será realizada em parceria com a prefeitura do município de Bom Jardim da Serra.


Avançada esta etapa, a licitação da obra e gestão do equipamento turístico será lançada para encontrar empresas interessadas no projeto. 


A expectativa é que a licitação seja publicada no começo de 2022.


PMI - Procedimento de Manifestação de Interesse - é um instrumento previsto no Programa de Parcerias e Investimentos do Estado de Santa Catarina (PPI-SC) para viabilizar a cooperação com a iniciativa privada em projetos de interesse público.

 

Fonte: Governo de SC

 

Redação da Maré.

Anúncio




Páginas

Últimas notícias