Segundo o porta-voz da Indian Railways, quatro dos 12 vagões do trem expresso interestadual saíram dos trilhos no distrito de Jalpaiguri.

                          
Descarrilamento de trem na Índia deixa 9 mortos e 36 feridos

9 pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas depois que um trem de passageiros descarrilou no estado indiano de Bengala Ocidental na quinta-feira (13), segundo a operadora ferroviária.


O porta-voz da Indian Railways, Rajesh Bajpai, disse que quatro dos 12 vagões do trem expresso interestadual saíram dos trilhos no distrito de Jalpaiguri.

Provavelmente não há mais pessoas presas nos vagões, 

havia dito outro porta-voz da ferrovia, Gurmeet Kaur. 


Os trabalhadores estavam restaurando a pista para permitir a passagem de outros trens, acrescentou.


As avaliações iniciais sugerem que houve uma rachadura nos trilhos, informou a afiliada da CNN News-18, citando autoridades locais.


A ministra-chefe de Bengala Ocidental, Mamata Banerjee, disse estar "profundamente preocupada ao saber do trágico acidente".

Os feridos receberão atendimento médico o mais rápido possível, 

escreveu ela no Twitter na quinta-feira (13).


O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, também falou:

Meus pensamentos estão com as famílias enlutadas 

e desejou uma rápida recuperação aos feridos.


A extensa rede ferroviária da Índia sofre com infraestrutura envelhecida e manutenção precária – fatores que muitas vezes são responsáveis ​​por acidentes.


Em 2020, quase 12.000 pessoas morreram em mais de 13.000 acidentes de trem em todo o país, de acordo com um relatório do ano passado do Departamento Nacional de Registros Criminais.


Um dos incidentes mais mortais dos últimos anos ocorreu em novembro de 2016, quando mais de 140 pessoas morreram depois que vários vagões de trem descarrilaram no norte do estado de Uttar Pradesh.


Em novembro seguinte, pelo menos 39 pessoas morreram e outras 50 ficaram gravemente feridas em um descarrilamento de trem no estado de Andhra Pradesh, no sul do país.


Fonte: CNN