Cerca de 7,6% dos estudantes testaram positivo para Covid-19, de acordo com testes de amostra do Departamento de Educação da cidade de Nova York divulgados no dia 13 de janeiro. 

Prefeito de Nova York considera opção de aprendizado remoto

O prefeito de Nova York, Eric Adams, considera uma opção temporária de aprendizado remoto e disse, na quinta-feira (13), que está conversando com a liderança do sindicato dos professores.

Estou trabalhando em estreita colaboração com o presidente da UFT e encontraremos a maneira certa de educar nossos filhos em um ambiente muito seguro e, se pudermos implementar uma opção temporariamente remota, somos bem-vindos a fazê-lo, 

disse Adams durante uma entrevista coletiva.


Ele acrescentou que, embora esteja disposto a conversar com a liderança do sindicato dos professores sobre uma opção de aprendizado remoto, seu objetivo continua sendo manter as crianças na escola.

Quero crianças na escola porque não são apenas os acadêmicos. Você me ouve dizer isso o tempo todo, é a abordagem holística do pleno desenvolvimento da personalidade das crianças. Todos os especialistas afirmam que deveriam estar na escola.

Os comentários contrastam com o que o prefeito disse, na sexta-feira passada, que uma opção de aprendizado remoto para retardar a disseminação atual do Covid-19 na cidade não fazia sentido para ele, principalmente porque as aulas virtuais no início da pandemia não foram eficazes. 


Ele acrescentou que isso afetou negativamente as crianças sem acesso adequado a Wi-Fi e tecnologia, e que precisaria de tempo para se desenvolver.

A última vez que fizemos uma opção remota, as crianças não estavam aprendendo e você não pode ter uma opção remota falsa…. Não podemos continuar prejudicando a educação de nossos filhos, 

disse Adams na sexta-feira passada.


Cerca de 7,6% dos estudantes da cidade de Nova York testaram positivo para Covid-19, de acordo com testes de amostra do Departamento de Educação da cidade de Nova York divulgados na quinta-feira. 


O teste, que inclui apenas cerca de 23% das escolas da cidade, é um instantâneo de amostra que foi tirado durante um período de 24 horas na quarta-feira, de acordo com os dados.


Apenas cerca de 77% dos alunos compareceram à escola na quarta-feira, de acordo com os mesmos dados.


Na terça-feira, os alunos saíram de várias escolas, incluindo a Brooklyn Tech High School e a Bronx High School of Science, dizendo que querem mais testes de Covid-19 para alunos e funcionários, além de uma opção de aprendizado remoto. 


A Brooklyn Tech é a maior escola de ensino médio presencial do país, com quase 6.000 alunos, de acordo com o departamento de educação da cidade.


O chanceler das escolas da cidade de Nova York, David Banks, disse que planeja se encontrar com alguns dos líderes estudantis que saíram.

Eu certamente aprecio cada vez que os alunos levantam suas vozes para serem ouvidos…. Eu entendo e simpatizo com onde eles estão, mas acho que também estamos muito focados em garantir que mantenhamos as escolas abertas.

O sistema escolar vem realizando testes de PCR na escola e distribuindo testes rápidos aos alunos desde que as aulas foram retomadas, de acordo com o Departamento de Educação da cidade de Nova York.


Fonte: CNN