Plânctons bioluminescentes são recorrentes nas praias da Ilha do Mel

> Publicado 24 julho - Leitura Read

O fenômeno ocorre nas praias brasileiras de Imbé e Tramandaí, RS, na região da Ilha do Mel, PR, e na Ilha do Cardoso, no extremo Sul do litoral paulista.

                         

Plâncton bioluminescente são recorrentes nas praias da Ilha do Mel

 

No litoral do Paraná, especialmente na Ilha do Mel, a temporada de plâncton bioluminescente é um fenômeno que ocorre entre os meses de agosto e setembro. As noites de lua nova, as mais escuras, são as melhores para apreciar o fenômeno.

 

Plâncton bioluminescente são recorrentes nas praias da Ilha do Mel

Medusa cnidária

Um conjunto de organismos que ficam suspensos na água e englobam seres fotossintetizantes, minúsculos e animais. 

                              
No litoral do Paraná, especialmente na Ilha do Mel, a temporada de plâncton bioluminescente é um fenômeno muito esperado. As noites de lua nova, as mais escuras, são as melhores para apreciar o fenômeno.
                                

Fitoplâncton phytoplanktons

Segundo um artigo publicado em 2009 na Photochemical & Photobiological Sciences, “o mecanismo de produção de luz é semelhante ao que se observa nos vagalumes e nas bactérias bioluminescentes: enzimas chamadas luciferases oxidam uma substância – ou substrato, como os químicos preferem chamar – conhecida como luciferina, liberando energia na forma de luz”.

                             
Plâncton bioluminescente são recorrentes nas praias da Ilha do Mel

É um fenômeno pouco explorado e o risco de presenciar as cores verdes, azuis e até avermelhadas, emitidas pelos organismos luminescentes, durante uma trilha noturna que esteja fazendo pelas florestas e praias tropicais ou pelos bosques de regiões temperadas, em época de lua nova, é bem provável. 





Redação da Maré.

Anúncio






Últimas notícias